Emagrecer: acompanhamento e qualidade de vida

emagrecimento e qualidade de vida

Hoje os assuntos de atividade fisica e qualidade de vida estão cada vez mais em alta entre as pessoas, principalmente por conta da rotina estressante que as pessoas vêm acumulando, por conta das distâncias, diversas atividades em um mesmo dia e tecnologias, como a internet e o smartphone.

Assim, as atividades físicas e o tratamento para emagrecer vem sendo procurado com mais intensidade, entretanto, muitas pessoas apostam em um tratamento sem acompanhamento médico e essa ausência de acompanhamento pode causar problemas que mexem não somente com o físico, mas com o psicológico e o nutricional.

Além do tratamento para emagrecer, algumas pessoas optam em fazer cirurgia plástica na barriga.

Contudo, assim como os demais, este procedimento também requer acompanhamento de profissional, tanto no aspecto físico como no psicológico, porque essas cirurgias são invasivas e se o paciente não estiver consciente de sua ação pode acarretar em problemas psicológicos, como a sensação de estranheza com o corpo, desenvolvendo um possível quadro de ansiedade ou depressão.

Neste artigo abordaremos à importância do acompanhamento do médico no tratamento para emagrecer rápido ou para realização de cirurgias plásticas e como isso contribui para uma vida mais saudável e longeva.

A importância do profissional no processo de emagrecimento e mais qualidade de vida

O processo de emagrecimento começa com uma atitude que é a de mudança de hábitos. Essa atitude quase sempre ocorre após uma análise da rotina, composta de ações sedentárias e uma alimentação ruim.

No entanto, para que a mudança de hábitos seja feita sem grandes impactos, respeitando os limites do corpo, é essencial o acompanhamento de um profissional médico. Isso porque tanto a busca pelo emagrecimento, como a cirurgia plástica tem de ser bastante consciente.

No caso dos tratamentos para emagrecimento, a mudança de hábitos mexe não somente com o físico, mas também com o psicológico e o emocional.

Isso porque caso as dietas não sejam balanceadas, pode causar deficiência de alguns componentes como:

  • Vitaminas;
  • Minerais;
  • Nutrientes;
  • Colágenos.

A falta desses componentes pode gerar queda de cabelo, prisão de ventre e outros sintomas. Além do mais, caso o paciente não esteja preparado mentalmente (caso não consiga atingir as metas do processo) pode se sentir desmotivado, triste e até mesmo fraco, gerando quadro de depressão e ansiedade.

Assim, é muito importante a busca pelo acompanhamento médico, tanto para que o medicamento manipulado para emagrecer seja receitado na dose correta, como para estabelecer uma boa dieta e uma rotina de exercícios adequados.

No tópico abaixo falaremos de alguns profissionais que podem auxiliar em todo o processo de emagrecimento e para o preparo para cirurgias plásticas e da modificação corporal.

Profissionais médicos para consultar

Há alguns profissionais que são mais consultados para que os tratamentos de emagrecimento possam ser mais eficientes e que tenham um maior desempenho. Esses profissionais são três, os nutricionistas, os endocrinologistas e os nutrólogos.

Apesar de, em um primeiro momento, os profissionais parecerem ter a mesma função, suas especialidades são diferentes e apontam caminhos e tratamentos para emagrecer de formas variadas.

Os endocrinologistas procuram alterações hormonais que causam tanto emagrecimento excessivo (sendo necessário tratamento para ganhar massa magra) ou então do ganho de peso facilitado.

O nutrólogo, por sua vez, ajudará na manutenção de uma alimentação equilibrada, em alguns casos atuando para reduzir ou eliminar distúrbios alimentares. Enquanto isso, o nutricionista elabora um cardápio com base no metabolismo do paciente.

Abaixo, falaremos com mais detalhes sobre esses profissionais que ajudam em todo o tratamento de emagrecimento.

É importante lembrar que qualquer distúrbio apontado, como ansiedade durante o procedimento, é necessário a busca por um psicólogo e psiquiatra que poderão acompanhar o quadro e até indicar, caso necessário, o medicamento manipulado para ansiedade.

1. Nutricionistas

Os nutricionistas são profissionais formados em nutrição e sua função primordial é elaborar cardápios de acordo com o metabolismo do paciente, tanto para perda, como para ganho de peso.

Esse cardápio é feito com base no cotidiano, estilo de vida e hábitos alimentares, proporcionando todos os nutrientes e vitaminas necessário.

Esses profissionais também elaboram cardápios para alimentações coletivas, como em buffets e restaurantes, garantindo os nutrientes necessários.

2. Nutrólogos

Os nutrólogos são médicos com especialidade em nutrição. Assim, previnem, diagnosticam e tratam doenças relacionadas à alimentação como transtornos alimentares, obesidade mórbida e outras patologias.

Desse modo, ele lida ativamente com a reeducação alimentar, de acordo com o metabolismo de cada pessoa.

3. Endocrinologista

É um médico especialista nas glândulas do corpo e, assim, identifica problemas relacionados aos hormônios responsáveis pela perda ou ganho de peso, como o hipertiroidismo ou hipotiroidismo, diabetes e obesidade. Ele é indicado para receitar medicamentos reguladores de apetite.

Portanto, vimos que para emagrecer com saúde e bem-estar é preciso o acompanhamento médico para que tudo ocorra bem e novos hábitos sejam construídos, contribuindo para mais qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *