Entenda mais sobre os equipamentos utilizados em laboratórios

A procura por exames laboratoriais vem crescido a cada ano e, com eles, os equipamentos vêm se aprimorando cada vez mais.

Confira no artigo a seguir alguns exemplos de exames e equipamentos mais utilizados nos últimos tempos.

Apesar das diversas variações de aparelho microscopio, o microscópio óptico comprar é o mais utilizado em variadas áreas, como análises e pesquisa de organismos.

Aparelho microscópico

Um dos mais conhecidos equipamentos de laboratorio, é constituído por dois conjuntos de lentes: oculares e objetivas, construídas em extremidades opostas de tubagens fechadas.

Seu objetivo principal é originar uma imagem real do item examinado proporcionando aumento de resolução ao vigiar por meio da lente ocular e visualizar uma imagem virtual cerca de mil vezes maior que a real à olho nu.

Assim, a ferramenta propicia avanços em diagnósticos médicos e pesquisas biológicas.

Construído a partir de um suporte denominado platina, com uma lâmina contida pelo item a ser analisado e um mecanismo que se faz possível aproximar e afastá-la para mudar o foco da amostra.

O espécime costuma ser transparente, sendo necessário colocá-lo em uma lâmina que permita a passagem de luz, fazendo com que sua visualização seja necessária.

O aparelho microscópio óptico preço é estruturado a partir de:

  • Lentes oculares e objetivas;
  • Prisma, com a função de corrigir e ampliar distorções;
  • Cabeçote, sendo monocular ou binocular;
  • Diafragma, que controla a quantidade de luz;
  • Suporte, que é dividido em base e braço;
  • Platina, onde a lâmina é colocada;
  • Condensador, responsável por concentrar os feixes de luz;
  • Revólver, com lentes objetivas;
  • Coaxiais, macrométrico e micrométrico, aproximando e dando o enfoque correto.

Ele pode, ainda, ser encontrado em diferentes modelos, sendo eles:

  1. Microscópio ultravioleta: Faz-se uso da radiação ultravioleta, que melhora o limite da resolução da imagem por meio da luz visível comprimida;
  2. Microscópio de polarização: Formado por dois prismas, é usado para observação de estruturas de diferentes índices de refração, como cabelos, unhas e músculos;
  3. Microscópio de fluorescência: Substâncias como fluoro e cromos fazem com que, ao receber a luz, as amostras sejam observadas a partir do brilho que é gerado.

Exame toxicológico

Esse exame existe devido à grande preocupação gerada em torno da segurança e desempenho utilizados ao exercer certas atividades.

Sendo utilizado em âmbito profissional com o intuito de verificação de uso ou não de substâncias psicoativas, o exame toxicológico é indicado para as pessoas que praticam esportes, concursos públicos ou pretendem tirar ou renovar a carteira de motorista nas categorias C, D e E.

A categoria C consiste em pessoas que tenham aptidão para o manuseio de veículos de transporte de carga acima de 3500 kg, como é o caso de caminhões.

A categoria D é necessária para transportar passageiros em veículos que excedam o número de 8 pessoas, incluindo o motorista, como o ônibus e o micro-ônibus.

Já a categoria E constitui todos os veículos das categorias A, B e D, com unidade acoplada superior a 6000 kg. Ou seja, cuja a lotação seja maior que 8 lugares, como no caso de um veículo com dois reboques acoplados.

Vale lembrar que esse tipo de exame mais específico pode ser realizado em um laboratorio exame específico e indicado pelo próprio detran, para o caso do último exemplo citado.

O exame toxicológico preço também é bastante utilizado em casos de homicídios e suicídios, além de auxiliar no acompanhamento de usuários de drogas e em algumas pesquisas realizadas na área.

Os materiais coletados costumam ser fluídos corporais como sangue, suor, saliva, urina e mostras de pelos, unhas e cabelo, coletados em laboratórios.

No caso desses três últimos materiais colhidos para o exame, após a fase de triagem, utiliza-se um equipamento denominado espectômetro, com a finalidade de confirmar se o paciente tem usado algum tipo de droga, caso o resultado tenha sido positivo na etapa anterior.

Quando recebida uma amostra de cabelo, se faz uso de um equipamento que a purifica por meio de um processo denominado extração em fase sólida, que mantem drogas e metabólitos enquanto elimina outras substâncias indesejadas, passando então por um material que absorve através de pressão.

Depois desses processos é usado um equipamento que absorve o material em diferentes velocidades, separando seus componentes individualmente e utilizando então um novo aparelho que diminui os fios à sua menor forma, os íons.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *