Curiosidades de produtos de laboratório que você não conhecia

Você sabia que muitos processos de produção industrial são feitos em laboratório? Isso mesmo! E não é por acaso: esses ambientes são ideias para o desenvolvimento de práticas, substâncias e produtos cada vez mais inovadores e necessários ao cotidiano no mundo moderno.

Afinal, a tecnologia e descobertas em vários segmentos têm nos levado à possibilidades cada vez mais reveladoras e satisfatórias. Por isso, é muito importante conhecer mais sobre os utensílios utilizados em procedimentos laboratoriais.

Se você quer conhecer um pouco mais sobre esse universo e saber sobre o uso de utensílios para experimentos e processos de produção em laboratório, continue acompanhando esse artigo.

Frascos

Os frascos de vidro são utilizados em muitas demandas laboratoriais por serem responsáveis por diluir as substâncias em diferentes tipos de reações químicas. Além disso, são úteis no aquecimento de líquidos, titulações, cultivo de organismos, análise de tecidos, etc.

Eles podem variar de acordo com a espessura, tamanho e resistência, de modo que podem ser encontrados em diferentes etapas, procedimentos, como também são capazes de lidar com substâncias variadas.

Seu desempenho deve ser compatível com a necessidade de armazenar e misturar soluções e produtos.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre frascos Erlenmeyer onde comprar.

Para isso, basta procurar estabelecimentos de qualidade voltados para o fornecimento de diferentes utensílios laboratoriais com as devidas certificações exigidas pelos órgãos competentes da área.

Vale ressaltar a importância de utilizar produtos de procedência garantida, assegurando a confiabilidade dos procedimentos executados.

Reator de vidro

reator de vidro para laboratório é outro utensílio indispensável. Ele tem aplicação em diferentes segmentos da indústria, tais como a química e a farmacêutica. Esse material ainda pode ser utilizado na produção de pesticidas.

Uma das maiores vantagens do reator de vidro é a capacidade de produzir calor estacionário, oferecendo um funcionamento protegido contra influência externas conferindo maior homogeneidade.

Não é por acaso que esse produto é destaque nas diferentes linhas de produção em laboratório.

O Reator de vidro encamisado, opção que alia resistência e segurança, é extremamente moderno e tecnológico. O modelo resulta de uma série de desenvolvimentos feitos para otimizar a produção laboratorial de forma prática e eficiente. Tudo isso, sem comprometer a integridade das reações.

Vantagens

Existem diversos modelos, medidas e capacidades para os reatores de vidro. O reator encamisado, possui características positivas com relação à sua vida útil que pode ser prolongada.

De acordo com aspectos como o uso adequado e as precauções básicas de reparo e conservação, e também com relação à transferência de calor o reator adquire maior durabilidade.

Esse dispositivo otimiza e aprimora o processo, de modo a apresentar uma taxa de fluxo duplicada ou, até mesmo, triplicada quando comparada com a de um reator comum.

Além disso, ele oferece a possibilidade de economia, por possuir baixo consumo de energia elétrica.

Com um processo de montagem bem rápido, já que apresenta partes desmontáveis e facilmente encaixadas de forma intuitiva e inteligente, outros benefícios dos reatores são:

  • Baixo custo;
  • Manutenção fácil;
  • Versatilidade;
  • Obediência a normas técnicas;
  • Padrão rigoroso;
  • Eficiência garantida;
  • Opera no vácuo;
  • Opera em pressões positivas.

Cromatografia

Não há como falar em produção industrial feita com base em procedimentos conduzidos em laboratório sem mencionar os Vials para cromatografia.

Os vials são produzidos em vidro borosilicato transparente, âmbar ou polipropileno. Quando o intuito é de evitar que a proteína seja absorvida, o uso do material de vidro é mais indicado.

Isso porque sua silanização desativa os sítios silánois, que estão na superfície do material, de forma que o efeito hidrofóbico é limitado.

Consequentemente, os compostos polares ou lábeis podem ser recuperados de maneira ampliada.

Já no caso das amostras que, quando tocadas pela luz, sofrem rápidos processos de desgaste, os vials em âmbar são os mais recomendados.

Esse modelo possui propriedade que inibem os efeitos nocivos da luminosidade que incide sobre o seu conteúdo.

Quem procura Vials para cromatografia em sp deve estar atento à fornecedores de qualidade. Esse profissionais são muitos e oferecem tanto fornecimento por meio de estabelecimentos físicos quanto por compra online.

Além disso, é possível contar também com acessórios, como as tampas para vials, que são indispensáveis.

O mais importante, quando se trata de processos conduzidos dentro de laboratórios, é realizar cada etapa de forma cuidadosa e com ferramentas de maior qualidade. Esses fatores garantem a confiabilidade dos procedimentos e a segurança de quem os realiza.

Por fim, vale lembrar a importância dos operadores se protegerem contra efeitos químicos decorrentes das reações que são  produzidas cotidianamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *